Google e Apple não exigem mais um diploma universitário.

Nas ultimas décadas o mundo vem passando por grandes transformações, e um questionamento que ouvimos constantemente aqui no Vale do Silício, berço das maiores empresas de tecnologia que revolucionaram diversos setores da economia global nos últimos anos, é se o setor de educação está preparado para atender as novas demandas da sociedade das próximas decadas.

A partir século XVIII, iniciou-se na Inglaterra a mecanização industrial, e a sala de aula como conhecemos hoje foi criada para atender as demandas dessa Revolução Industrial. Apesar das profundas mudanças da sociedade nas ultimas décadas o modelo de educação continua muito parecido com aquele criado para atender as necessidades da mecanização. No entanto, algumas empresas já entendem que esse é o modelo errado para o século 21.

Recentemente, o site de busca de empregos Glassdoor compilou uma lista dos principais empregadores que disseram que não exigem mais que os candidatos tenham um diploma universitário. Empresas como Google, Apple, IBM e EY estão nesse grupo. Além disso, segundo o Fórum Econômico Mundial, 65% das crianças do atual primário vão trabalhar em atividades que ainda não existem. O que isso significa?

Que em um mundo onde nas palmas de nossas mãos temos mais informações que o presidente dos Estados Unidos tinha no inicio dos anos 2000, a forma de educar utilizada até aqui não será suficiente, e o setor de educação deverá passar por profundas transformações.

Fonte: CNBC

Deixe sua opinião aqui:

Direto da Redação
A BBU – Brazilian Business USA é uma plataforma voltada para incentivar o empreendedorismo criativo e ideias inovadoras conectando brasileiros empreendedores através da troca de experiências, networking, conteúdos digitais, eventos e workshops ao redor dos Estados Unidos. Email: redacao@brazilianbusinessusa.com
Direto da Redação on FacebookDireto da Redação on InstagramDireto da Redação on LinkedinDireto da Redação on Twitter